quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

pilates

a descoberta do ano
 
ou para aqueles que conhecem a minha imeeeensa dificuldade em me manter firme na prática de algum exercício físico, o milagre do ano =D

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

pra entrar no clima...


de 2011: o uniforme do curso em que vou me matricular esta semana! :D

pra entrar no clima...


de natal:  arvrinha de $1,99 que montamos em casa!

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

wish list parte ii

faz pouco tempo que a loja abriu no caminho do almoço de todos os dias, e desde o início chamou a minha atenção pelos sapatinhos diferentosos de preço salgado. por isso mesmo, nunca tive coragem de entrar na loja, mas hoje reparei num detalhe: o kit de customização dos sapatinhos infantis! (L)
 dá pra montar inúmeras combinações pra grudar no velcro, valendo por vários sapatinhos! e qual não foi minha surpresa ao visitar o site depois, ao descobrir que essa é a essência da loja, aplicável a todos os modelos.. inclusive os adultos:

ciao mao: rua melo alves, 368 jardins

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

sujinho hamburgueria

nunca fui muito de hamburgueres, não sei se pela total falta de hábito em itapê ou se eu associava mesmo os lanches às cansativas excursões de escola, quando eu invariavelmente estava com ânsias de andar de ônibus no trânsito de sp quando chegávamos para o almoço no mc donalds..
aos poucos fui adquirindo o hábito.. acostumando com o mc e experimentando aos poucos outros endereços mais caprichados (e badalados também) como achapa, the fifties, milk & mellow.. mas nenhum supera a mais recente descoberta: a hamburgueria do sujinho.
eu nem desconfiava que o sujinho tinha também uma divisão dedicada aos sanduíches. foi uma total surpresa ao chegar ao lugar marcado: vários ambientes não barulhentos, diferentes tamanhos de lanches (dado importante para a ala feminina) e preços justos. justíssimos, aliás.
a meia porção de batata frita é igualzinha àquela feita em casa (crocante por fora e cremosinha por dentro) e serve duas pessoas por 9 reais. ah, e vem acompanhada da melhor maionese de todos os tempos :p
por 11 reais o x-salada tamanho júnior vem com hamburguer de 80g (no ponto, suculento) e foi mais do que suficiente pra não haver desperdício. e assim a conta fecha em pouco mais de 20 reais por cabeça, muito bem pagos.

consumismo natalino

o novo objeto de desejo agora às vésperas do natal, quando nos permitimos alguns pequenos luxos extras :)

terça-feira, 23 de novembro de 2010

paul

pq às vezes um trechinho de música diz mais do que mil argumentos, brigas, desculpas ou chororôs.....
 
hey jude, don't make it bad.
take a sad song and make it better.
remember to let her into your heart,
then you can start to make it better.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

lego


imagina uma menina perdida e deslumbrada em meio a todos os seus sonhos de consumo de infância.. era eu em pessoa na semana passada, ao entrar na loja conceito da lego no shopping cidade jardim, em meio a todos os brinquedos clássicos com os quais eu nunca cansei de brincar (a delegacia de polícia, o aeroporto e o carro dos bombeiros!), muitas engenhocas que eu sempre invejei mas não tive tempo de brincar, porque foram lançadas quando eu já estava grandinha para os brinquedos, e outros que eu nunca imaginei que existissem!!!

fiquei simplesmente babando pelo lego robô.. com computadorzinho de bordo e tudo, que anda, identifica luzes e cores, tem sensor de presença e fala, além de mil funcionalidades que eu nem sei descrever... juro que fiquei ansiosa pra ter filhos pra brincar junto com eles.. pra programar o robozinho pra atirar objetos quando a luz acender, andar seguindo uma linha tracejada no chão e dar meia volta quando chegar perto da parede.. e inventar outras mil engenhocas!

ps - ainda bem que no meu tempo ainda não tinha esse brinquedo, porque certamente hoje eu estaria queimando os miolos na engenharia mecatrônica =p

filme senna

como super fã do senna nos tempos idos, fui à estréia do filme um tanto reticente, pronta para apontar a falta de algum dos meus "momentos preferidos" ou mesmo me decepcionar com o resultado do filme, como já tinha ocorrido recentemente com o filme do spfc.
e não é que, mesmo com uma história manjada e sem a possibilidade de furos e reviravoltas, conseguiram fazer um filme legal e envolvente? pois gostei muito da forma como estruturaram a história.. desde o início da carreira na f1, mesclaram cenas de corridas e bastidores, entrevistas do senna e depoimentos de pessoas importantes sobre cada fase. sem o tom demasiadamente sóbrio de alguns documentários, este nos passa a impressão de que é o próprio piloto quem nos conta a história.
e claro que faltaram alguns dos meus momentos preferidos - mesmo porque são muitos! - mas o tempo de filme é limitado e não chegou a comprometer a história.. esperava que eu fosse chorar ao final da exibição, mas quase que não. o sentimento predominante foi de nostalgia ao relembrar a época em que os domingos já começavam verde-amarelos e nos envolvíamos de fato na disputa.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

a companheira de todos os dias

zoom no pin: draw upon your imagination (cirque du soleil)

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

detalhes..

 realmente pequenos que (pra mim) fazem toda a diferença na rotina diária matinal:
1. desligar primeiro a água quente depois de um bom banho e receber na cabeça uma ducha fria, quase gelada, e fim. acorda, relaxa e refresca a alma!
2. nas manhãs frias de inverno, manter as luzes apagadas e usar apenas a claridade de velas aromáticas.. não maltrata os olhos sonolentos e se não esquenta propriamente, pelo menos passa a impressão de trazer uma fonte de calor ao ambiente
3. toalhas quentinhas e secas no frio, porque ninguém merece toalha úmida
4. e na esponja, sabonete líquido bem cremoso e pedrinhas de sal grosso.. hidrata e serve como um esfoliante leve, mesmo para quem não acredita nas propriedades menos científicas contra mau olhado.. :p

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

"a" sobremesa

aproveitando mais um voucher do wego (110 reais na vinheria percussi pagando 50), o jantar caminhava bem satisfatório mas não excelente como mandava a expectativa montada em torno do renomado restaurante.. o ambiente e o papo à mesa, é preciso fazer justiça, estavam ótimos (ignorando-se o tom de voz exagerado da mulher na mesa de trás), porém o prato que escolhi não foi muito feliz: havia como que uma confusão de sabores na massa com recheio de ricota e espinafre com moho de funghi e linguiça.. muita linguiça, na minha modesta opinião!! roubou o sabor do resto...
 
mas descobri depois que até essa decepção serviu para dar mais destaque no saldo geral da noite... que contou com "a" melhor sobremesa que eu me lembro (ok que minha predileção é pelos salgados e minha memória funciona melhor com eles, mas é de se destacar).. os profiteroles da vinheria: duas carolinas grandes, recém saídas do forno, crocantes por fora e macias por dentro.. recheadas com sorvete de creme e regadas com calda de chocolate.. hmmmm muito bom, mesmo! sem ser doce em excesso, mas com a sua graça :)

tango!

final de semana passado fomos ao memorial da américa latina prestigiar um evento da embaixada argentina, aproveitando que ganhamos convites. o tema principal era o tango, e para isso trouxeram 5 músicos, 8 bailarinos e 2 cantores de lá. eu nunca fui muito fã deste tipo de música, mesmo porque não conheço muito, mas achei bem legal!
a música sempre num tom dramático e romântico, a dança sensual e envolvente.. deu pra entrar bem no clima. o jeito de cantar as músicas não faz muito meu estilo de fato, mas mesmo assim foi interessante pela figura dos cantores em si.. colocando toooda a emoção na voz.
prenderam minha atenção os bailarinos, muito ágeis e plásticos, mas principalmente o músico encarregado de tocar a sanfoninha!! (acho que é bandoneón o nome certo)

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

ler faz crescer

olha só.. o itaú definitivamente tomando o lugar do real no papel de banco consciente! muito por causa do tom das propagandas, com aquele narrador que passa segurança mas não fala ríspido, que vc consegue enxergar um sorriso na voz..
 
e hoje fiquei sabendo de um projeto muito legal deles, chamado 'ler faz crescer', de distribuição de livros infantis.. na verdade kits de 4 livros cada, de graça, no endereço que vc informar! estimulando a leitura de livros pra crianças pequenas, que com esse contato inicial serão estimuladas a ver os livros de outra forma, mais próxima.. e se gostarem de livros, muito maiores serão as chances de gostarem de escola!
 
óbvio que os bancos não são "bonzinhos", mas o quanto mais se dedicarem a passar uma imagem boa e socialmente responsável.. melhor! mal não vai fazer.. :p

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

petição online msf

a princípio sou contra spam, mas este acho que vale a pena que porque a causa é justa e a instituição, séria.
 
os médicos sem fronteiras estão organizando uma petição online para que a união européia desista da idéia de se posicionar contra os medicamentos genéricos, restringindo a produção, acesso e transporte de medicamentos essenciais para os países subdesenvolvidos.
 
é super rápido e indolor: https://action.msf.org/pt_BR/action/index
 

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

top top salgados

* define salgados: "bolinhos" individuais artesanalmente produzidos com o intuito de servir como refeição rápida de balcão, ou seja, não inclui elma chips, porções de bar (tipo batata frita ou polenta) ou tortas e sanduíches, bem como outros bolinhos mais elaborados feitos em casa como tempurá ou guiozá.
 
à lista:
1. bolinho de frango de itapê, de casca crocante e recheio cremoso, com o molhinho picante à base de shoyu da minha mãe
2. croquete de bacalhau do yokoyama que o tio jorge compra no natal e festas importantes
3. empadinha da minha mãe, com aquele recheio que ninguém copia
4. enroladinho de peito de peru, cheddar e azeitona do pão-de-ló
5. pastel dos velhos e bons tempos do marabá, quando a caçulinha ainda vinha na garrafa de vidro
6. trouxinha de espinafre que eventualmente tinha no rockafé da gv e às vezes eu encontrava no café do cinema do espaço unibanco
7. pastel de queijo branco do café pastel soares, com direito a caldinho escorrendo no papel
8. bauruzinho do seu gentil, relembrando os tempos de anglo-itapê
9. saltenha do café da livraria cultura
10. pão de queijo eu não diria que qualquer um serve, mas é bem difícil eleger um específico.. o mais marcante na memória ia acompanhado daqueles ovomaltines de máquina

terça-feira, 19 de outubro de 2010

para francisco

foi através do blog que cheguei ao livro; e lendo o livro voltei ao blog. quase impossível não se emocionar com a história da cris, cujo namorado morreu subitamente deixando-a grávida de 7 meses. e na ânsia de manter vivas memórias dele para contar ao filho um dia e procurando desesperadamente uma forma de colocar pra fora sua dor, criou um blog, que serviu como terapia a apoiar o processo de cura.
expondo-se de forma corajosa, ela conta sua história, falando de seus medos e memórias mais pessoais, transferindo para o papel emoções conflitantes que resultaram da perda que a abalava e da alegria da nova vida que brotava dentro dela. e escreve com tal poesia e beleza que, embora tristes, suas histórias não são pesadas e densas porque no fundo consegue ela tirar aprendizado de cada dor, mantendo sempre uma postura otimista de quem curte os pequenos detalhes e momentos bonitos da vida, apesar de todos os pesares.
ela tinha todos os motivos do mundo pra ficar se lamentando toda depressiva, mas sua força e capacidade de transformar a dor em palavras bonitas e sentimentos positivos é realmente admirável.. e eu, que sou toda manteiga derretida, me surpreendi ao perceber que não me debulhei em lágrimas ao ler o livro (pelo menos na maior parte do tempo) porque o sentimento que fica é uma melancolia gostosa, de quem sabe que aproveitou o que pôde em vida e guarda boas lembranças a inspirar a vida que segue.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

revista sorria

eu ainda nem terminei de ler a revista toda, mas já fiquei fã. demorei pra comprar o primeiro exemplar, pois nunca tinha dado muita bola pra revistinha que fica à venda nos caixas das farmácias da droga raia. na verdade eu não via muito sentido em pagar $2,50 por uma revista que - no meu olhar preconceituoso de quem não conhece mas já possui opiniões formadas - seria apenas uma propaganda da farmácia maquiada de revista filantrópica (eu já havia visto o logo do graac na capa).
e quaanta ignorância a minha!!! sábado agora dei uma olhada nos títulos da capa e resolvi dar uma chance pra revista. nenhuma reportagem tinha chamado muito a minha atenção, mas achei a foto simpática, e resolvi comprar um exemplar.. de tão baratinho, mesmo que fosse só pela doação estaria ok.
e é bem legal o esquema.. muito melhor do que eu poderia imaginar que existisse! tem empresas patrocinadoras que bancam a editora e a impressão.. a droga raia entra com os pontos de venda, e o dinheiro arrecadado (que é mais do que a doação das empresas) vai todo para o graac (só descontando os impostos). as empresas ganham com a publicidade na revista (medley, p&g, união, kimberly, j&j e kraft), o graac nessa já recebeu mais de $4mm ao longo de 15 edições e os doadores-leitores ganham uma revista muito legal, melhor que a maioria que circula por aí!
a qualidade das reportagens é realmente boa, e os temas abordados, muito legais: sustentabilidade, cidadania, histórias de vida, comportamento, alguns questionamentos mais filosóficos sem ser chatões.. me lembrou a vida simples, que estimula um olhar diferente sobre a vida, menos estressado e mais plural. quero as edições anteriores!!

atelier gourmand

pra variar com a ajuda do desconto do wego, hoje fui conhecer o atelier gourmand, uma espécie de escola de culinária que promove aulas avulsas no horário do almoço, em que vemos a preparação dos pratos enquanto os degustamos. a estrutura física da sala de aula é muito boa, com uma cozinha equipadíssima que tem um fogão e uma bancada na ilha central com espelhos no teto, de forma que podemos acompanhar "de perto" o que está na panela sem sair das mesas dispostas em volta da sala.
o cardápio hoje foi composto de saladinha simples, escalopinho de filé mignon ao molho de funghi com risoto de açafrão e semifreddo de chocolate com uma calda ótema =D
no fogão mesmo acompanhamos o risoto do início ao fim e o restante das receitas a chef nos passou as dicas e o passo a passo apenas verbalmente. foi um almoço muito gostoso por si só, e achei bem interessante ver uma profissional ensinando uma receita que já conheço, mas que aprendi a fazer sozinha e do meu jeito.. ou seja, dá pra fazer muito melhor!!

obs - os preços regulares eu acho um pouco caros, mas adequados ao serviço que prestam, com toda a qualidade dos produtos, dos professores e da estrutura local. como exemplo, o almoço-aula sai por $80 o menu completo (entrada-principal-sobremesa) com água e vinho para acompanhar. aulas regulares com duração de 3 horas têm o valor médio de $250.

sereias da vila

feliz pelas meninas do santos que conquistaram o bicampeonato da libertadores, mas é dose ver em todos os lugares "copa santander libertadores femenina".. até aí já dá pra ver o quanto de atenção dão ao torneio.. =(

são paaaaulo!

faz um tempinho já assisti ao filme sobre o hexa brasileiro do são paulo, soberano, e nem comentei aqui porque apesar de legal para os são-paulinos, achei o filme bem meia boca. daria um bom especial para a tv, mas faltam vários ingredientes para um bom filme. mais emoção, uma história que amarre cada uma das conquistas, mais bastidores, enfim, muita coisa..

 mas semana passada voltei a ouvir o cd infantil que lançaram no final de 2008 e me convenci de que aquele material sim daria um ótimo filme de animação! o cd é primoroso, conta com músicas do ziskind, o cara que fazia as músicas do castelo rá-tim-bum e outros programas da cultura. em 18 músicas ele conta toda a história do time, desde o início do futebol no brasil, os tempos do são paulo da floresta, os primeiros títulos, a época de vacas magras da construção do morumbi, a conquista dos mundiais lá atrás e todos os títulos recentes.. lembrando dos nomes importantes de forma lúdica e fácil da criança apreender, interessante inclusive para os adultos. essa sim uma louvável iniciativa do spfc

oficina dos menestréis

não sou muito adepta do teatro, por falta de hábito, pelo preço ou o estilo mesmo que não me agrada muito, não sei. mas por duas vezes já fui a montagens da oficina dos menestréis, atraída por amigos que fizeram curso lá, e nossa, como gostei!




lá é como uma escola de teatro, e ao final do curso a turma faz apresentações ao público. por esse esquema de “montagem de final de curso”, todos os participantes estão presentes, o que torna o elenco das peças bem numeroso (por volta de 50 alunos). e acho que isso que faz toda a diferença.. porque tem um sentimento de grupo, parecem todos estar super envolvidos e transmitem uma energia muito boa.. mesmo que por vezes atuem como “cenário vivo”, apresentam soluções criativas, vibrantes.. recomendado sem restrições!

sábado, 16 de outubro de 2010

a frase

a frase sempre esteve ali, colada na parede do quarto.. mas é engraçado o quanto que, de repente, passa a fazer outro sentido:

"pros erros há perdão; pros fracassos chance; pros amores impossíveis, tempo... não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. desconfie do destino e acredite em você. gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando; porque embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu"

sarah westphal

dia das crianças

deu um trabalhão (tanto pra embalar quanto pra levar na instituição), mas como vale a pena... =)

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

top top chocolates


em ordem cronológica.. várias etapas da vida!

terça-feira, 5 de outubro de 2010

arancinis

colocando em prática a receita do encontro dos chefs especiais que contei outro dia aqui, aproveitei as sobras de um risoto básico de cogumelos e alho poró para testar os bolinhos. na falta de queijo - recheio mais comum dos arancinis - usamos azeitonas fatiadas.. e que combinação boa ficou! os preparativos são simples: basta fazer as bolinhas e passar em ovo e farinha de rosca antes de fritar em óleo bem quente. e o resultado, hmmm.. muuito bom! crocante por fora, com uma casca bem fininha, e o interior cremoso do risoto! além de saboroso, econômico!

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

balanço de 03.10

estou longe de ser militante verde e na verdade nem acredito muito nessa coisa de partido no brasil.. mas dada a extrema falta de opção nessa eleição, acabou que este ano as opções não foram tão óbvias e a maioria dos candidatos interessantes que consegui encontrar eram todos verdes.. procurando por perfis que saíssem da mesmice, que propusessem algo diferente, fui descobrindo que a maioria encontrou abrigo sob o guarda-chuva do pv
 
e aí, apesar da avalanche de votos pro tiririca, até que essas eleições terminaram melhor do que eu esperava no início. pra começar, marina com quase 20mm de votos é muita coisa! e pra quem tava esperando um passeio da dilma até que ficou de bom tamanho.. fora que em sp também foi uma baita surpresa pra mim o netinho não entrar pro senado.. ainda bem que pra esses cargos as pesquisas não valem muito! e outras pequenas surpresas também foram positivas: os outros candidatos do pv, quase sem nada de tempo de tv, tiveram uma colocação geral ruim mas mesmo assim significativas, tanto do feldman (pro governo de sp, 5º lugar mas com quase 1 mm de votos, 4%, encostando no skaf) como do ricardo young (pro senado, 4º lugar com mais de 4mm de votos, 11%, na frente do romeu tuma). eu nem votei no feldman, mas gostei ao ver que um milhão de pessoas consideraram uma outra opção que sai do eixo psdb-pt.
 
enfim, é uma esperançazinha de gente nova no futuro, idéias um pouco mais amplas talvez?

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

arola vintetres

não sei como esqueci de comentar aqui, mas na outra semana fomos conhecer o tal do arola vintetres, restaurante super chique no último andar do hotel tivoli ali na alameda santos! a sugestão foi do blog do katsuki e há quase um ano aguardávamos uma ocasião especial pra comemorar lá! :)
 
e mesmo com altas expectativas o restaurante correspondeu.. apesar do tempo fechado a vista impressiona, e o ambiente, apesar de fino, nos deixou bastante confortáveis com poucas mesas ao redor. devo confessar que alguns formalismos no atendimento me incomodam um pouco ainda, mas qualquer pequena restrição em relação ao restaurante se dissipou no primeiro bocado experimentado! fomos de tapas conforme as sugestões da menina que nos atendia: uma porção de polvo na brasa com batatas confitadas com páprika (sem medo de cair no clichê, uma verdadeira explosão de sabor esse polvo.. dissolvia na boca como nunca esperava que fosse acontecer!), batatas bravas com leve toque de pimenta (bem na medida, pra deixar o sabor mais interessante sem ser dominado pela ardência) e lulas (estas mais próximas do paladar habitual, como lula à dorê da praia).
 
pra tornar tudo melhor ainda, devo dizer que os preços não são baixos, obviamente, mas também não são abusivos. o café, por exemplo, custava impressionantes $7, mas se fez valer quando percebemos que se tratava de um nespresso acompanhado de dois macarons. considerando-se o naipe do hotel e a qualidade do serviço prestado, foi muito bem paga a experiência, memorável.

mais do lampião

hoje pela manhã entrei no busão cheio meio contrariada porque já sabia que iria o caminho todo de pé até o trampo, mas eis que reconheço o cobrador gente boa que devolveu meu celular outro dia.. grande lampião! sempre simpático e prestativo, com boas histórias pra contar.
e hoje contou que faz um mês mais ou menos veio uma mulher conversar com ele, que algumas vezes já tinham se cruzado mas ela nunca tinha parado pra contar.. que há muitos anos ela estava com a filha doente voltando do hospital, a menina de 13 anos bem debilitada, e o cobrador lampião como sempre conversador, puxou papo, contou histórias e piadas, alegrando a garota durante o caminho. uma viagem como todas as outras para ele, mas que para a mãe significou uma nova esperança, vendo a filha sorrir e dar risadas pela primeira vez depois de mais de um ano em estado de prostração devido ao sofrimento com a doença. e contou ela que depois desse dia marcante a menina passou a responder melhor ao tratamento, e se recuperou. tem hoje 20 anos e leva uma vida normal. a mãe, ao agradecer ao cobrador sete anos depois, trouxe satisfação e orgulho ao coração do trabalhador, e este, ao contar sua história aos passageiros em cada viagem, emociona a todos e nos faz crer nos pequenos gestos.
bela forma de começar a segunda-feira..

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

timing errado

levei acho que 10 segundos para bolar uma desculpa pra comprar essas luvinhas assim que as vi no bazar da accessorize com preço lááá embaixo... porque tem algumas coisas que ficamos na vontade de que existisse na época em que éramos crianças, e assim fica fácil fácil elegermos pequenos para aproveitarem por nós, que já não podemos mais! :p
ps - outro item que quando vejo é recorrente o mesmo sentimento são os legos motorizados que foram lançados quando eu já era adolescente... neste caso ainda não tô em condições de presentear os priminhos, mas certamente me esbaldarei brincando com meus filhos futuramente (mais do que eles próprios!)

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

chefs especiais

atraídos por um workshop com o famoso chef alessandro segato no mercadão em sp, fomos surpreendidos por um encontro do projeto chefs especiais, uma iniciativa muito legal de um casal que resolveu juntar pessoas e empresas interessadas em promover encontros gastronômicos em que portadores de síndrome de down são os chefs. a maior motivação do projeto é promover a sociabilidade, propondo desafios (não apenas culinários) em um ambiente amistoso, sem aquele clima de aulas formais ou cobranças.
os alunos não pagam nada para participar dos encontros, e também não são aceitas doações em dinheiro ao projeto: no esquema de parceria, ingredientes, espaço e tempo são doados para que cada encontro aconteça. um chef é sempre convidado a trazer receitas simples que possam ser adaptadas para que os ajudantes possam literalmente colocar a mão na massa.
ao final de cada encontro os alunos 'ouvintes' são convidados a degustar os pratos preparados pelos chefs, e estes recebem um diploma de participação, bem como o reconhecimento de todos os presentes. uma verdadeira festa para celebrar o empenho e a superação dos meninos, que tivemos a sorte e o prazer de presenciar.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

inferno astral?

definitivamente não gosto do termo, mas tem vezes que parece mesmo que resolve tudo acontecer junto, colocando de repente a vida de pernas pro ar - pelo menos momentaneamente..
o jeito é dar risada do tamanho da "sorte"! =p

a origem

carrego comigo naturalmente uma certa resistência a filmes - ou qualquer tipo de marca ou ideologia - largamente festejados, comentados e/ou adorados sem muita contestação ou poréns (vide titanic, harry potters, tropa de elite ou avatar). posto isso, não preciso dizer que estava um pouco reticente a assistir à origem.
o bom da história é que apesar do preconceito inicial consigo na maioria das vezes superar esses "entraves" e gostar do filme (mesmo que leve alguns anos, como em titanic, ou com algumas ressalvas, como nos dois últimos exemplos acima). mas acho que a origem foi o que mais me dobrou, talvez porque eu tivesse menos informações sobre o filme ao entrar no cinema.
pra começar, não sabia que se tratava de mais um filme do christopher nolan. fui descobrir só ao sair da sala, já nos créditos finais. aí tudo começou a fazer mais sentido. a estrutura do roteiro, as viagens da história, as amarrações todas, o final aberto a interpretações.. gostei!
daqueles filmes em que vc embarca e depois fica pensando sobre.. não que eu chegue - ou queira chegar - a grandes conclusões, mas parece inevitável relembrar cenas e passagens, falas e opções tomadas. acho que gostei especialmente porque tem um final legal; feliz mas não "o" final feliz
ps - difícil falar sobre o filme sem falar demais; talvez um aviso de spoiler no início fizesse bem ao post.. fiquei com a sensação de falar, falar e não dizer nada =p

tiro certeiro

com o budget para o rw reduzido devido a fatores que fogem ao nosso controle, a missão do final de semana era focar todas as fichas em um único almoço do evento. e que pontaria certeira tivemos!
o escolhido foi um restaurante francês (la cocagne) comprado por um português (marquês de marialva). diante dessa crise de identidade, foram oferecidos para o rw duas opções de menu, cada uma com sua especialidade.
fomos de entrada e principal do português e sobremesa francesa:
- entrada: 3 fatias de alheira (aquela deliciosa lingüiça com pão), cada uma recheada com um ingrediente diferente - palmito, cenoura e pasta de azeitonas pretas
- principal: uma espécie de torre de bacalhau (finas fatias de batata por baixo, cobertas por lascas de bacalhau, cebolas, e novamente bacalhau e batatas) coberta por granulados de broa de milho e pasta de azeitonas pretas :D
- sobremesa: sorvetinho com calda de frutas vermelhas
foi um dos melhores menus de rw até agora, contando todas as edições. entradinha interessante, sem roubar a atenção do prato principal, que estava bem original mas sem reinventar a roda, equilibrando bem os ingredientes, e sobremesa agradável sem roubar muitos esforços (tanto da cozinha, do preço ou do cliente, a esta altura já bem satisfeito com a refeição como um todo).
pra completar, o ambiente era chique mas não em demasia (pude sentar confortavelmente com as pernas dobradas no sofazinho disponível em um dos lados da mesa), os garçons eram simpáticos sem ser chatos e não houve demora em nenhum momento.
voando em modo econômico, por uns tempos não sei se será possível voltarmos ao restaurante, mas ao menos o menu do rw está altamente recomendado!

terça-feira, 7 de setembro de 2010

rua javari

nada como um feriado prolongado à toa em são paulo pra conhecer algum dos pontos famosos e ricos em histórias da capital. depois de dias e dias com tempo quente e seco ao extremo, foi debaixo de fina garoa que chegamos à rua javari.

ah, e como valeu a pena acordar cedo em plano domingo pra assistir ao espetáculo de juventus x pão de açúcar, válido pela terceira divisão do campeonato paulista, num embate direto pela 4ª posição na tabela (que dá direito ao acesso à segundona do estadual)

devo confessar que minhas expectativas eram baixas, baixíssimas talvez. meu chute de público era de umas 30 pessoas quando percebi que o dia era chuvoso. mas que engano! aglomeraram-se nas cobertas do estádio nada menos que 485 pessoas a torcer pelo moleque travesso!! e a maior diferença acho que se encontra justamente aí, na apaixonada torcida. muitos senhores de cabelos brancos, mas muitos meninos também, todos envolvidos com o time, com uma intimidade terrível com os jogadores, passando instruções diretas ao lado do campo, aos berros.

foi muuito legal a experiência.. ver o orgulho da comunidade pelo bairro da móoca, ouvi-los contar das dificuldades na terceira divisão, os xingamentos contra os adversários, quase infantis (vai cortar 200g de mussarela, seu perna de pau!)

e o futebol.. bom, não foi aquela maravilha (como também não anda jogando muito o meu primeiro time). entre caneladas e chutes para o alto, vimos um jogo lutado, em que saímos atrás e não-sei-como conseguimos a virada. 3 x 1 juventus no meu primeiro jogo na rua javari, com direito a dois gols do camisa 10, identificado por mim mesma como grosso aos dez minutos de jogo :p

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

meu malvado favorito


sem grandes pretensões ou lições de moral, o filme me ganhou com muitas cenas engraçadas e fofas das meninas (principalmente da agnes, "esse barulhinho aqui te irrita? ó! puh-puh-puh-puh")
a fita tem lá suas cenas forçadas, em que a malvadeza do gru é dosada pra fazer rir, mas me diverti muito mesmo assim; e como não poderia deixar de ser, chorei muito no final com o unicórnio do livrinho!! hehehehe :)

terça-feira, 31 de agosto de 2010

top top música

os mais flexíveis para todas as horas e humores:
1. que belo estranho dia pra se ter alegria - roberta sá
2. mtv ao vivo - nando reis
3. mtv acústico - cássia eller
4. amelie poulain - soundtrack
5. onde brilhem os olhos seus - fernanda takai

os mais marcantes da adolescência:
1. zelia duncan - zelia duncan
2. música de rua - daniela mercury
3. vamo batê lata - paralamas do sucesso
4. móbile - paulinho moska
5. calango - skank

as mais (músicas soltas):
1. all star
2. dandara
3. tarde em itapuã
4. wave
5. oito anos

as mais do chico:
1. samba de orly
2. a volta do malandro
3. paratodos
4. tanto mar
5. quem te viu, quem te vê

músicas perdidas que marcaram:
1. eu me rendo - fábio jr
2. diariamente - nando na voz da marisa
3. sobre o tempo - pato fu
4. cinema paradiso - soundtrack do filme homônimo
5. cavalo preto - não sei o autor, mas pode ser o sérgio reis cantando

rw.1 fidel (2010/2)

restaurant week em nova versão.. aguardada com menos ansiedade, é verdade, mas prontamente inclusa nos planos!
começamos no primeiro dia pelo fidel, ali pertinho da praça panamericana. e talvez por não conhecer o local, com baixas expectativas me surpreendi pelo conjunto da obra. ambiente mais pro tipo classudo, várias mesas de pessoas ricas bebendo uísque ao lado, mas com um ótimo piano ao fundo e pratos muito bem preparados que caíram super bem.
acho que o mais legal do rw é poder ir a lugares que não seriam visitados numa situação regular, e experimentar pratos diferentes, que não caberiam no bolso mesmo nos restaurantes que já visitamos com alguma freqüência.

entradinha: ratatouille ao mix de folhas
principal: trio di agnello com risotto zafferano (carré de cordeiro em crosta de castanha do pará e risotto de açafrão)
sobremesa: patê a profiteroles (mini bolo de carolinas recheadas e cobertas com ganache de chocolate ao leite)

amó

semana passada no shopping eldorado, bem perto do cinemark, cruzamos com umas promotoras da natura oferecendo amostra do novo perfume amó. até aí nada demais.. mas o complemento da ação de marketing foi muito bem pensado! havia uma cabine fotográfica em que podíamos tirar umas fotos seqüenciais, tal qual aquelas típicas americanas.. e eles revelavam na hora, pra levarmos pra casa!

ps - de lambuja um do casal podia escolher uma música ou escrever uma mensagem/desenho, pra mandar pro outro por email.. super ação legal pra ter no dia dos namorados... mas tá valendo fora de época também =D

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

freecycle

o mecanismo não é dos mais práticos: é preciso ter um email do yahoo pra se cadastrar no grupo a fim de trocar mensagens (pelo menos é possível optar por um resumo diário para não lotar a caixa de entrada)
a idéia, no entanto, é mesmo muito boa: quem está querendo se livrar de alguma tranqueira em casa manda uma mensagem ao grupo e quem está à procura de algum item específico, pode tentar a sorte pelo mesmo canal. o legal é que não há regras específicas. várias pessoas podem se interessar pelo artigo ofertado e o doador pode escolher para quem destinar os itens, assim como a entrega deve ser combinada entre as partes. é uma forma de entrar em contato com pessoas dos mais variados interesses.
claro que sempre aparecem alguns oportunistas pedindo itens caríssimos ou com exigências em demasia, mas sempre cabe ao doador escolher se atende ou não aos pedidos, e sempre existe a possibilidade de ter alguém do outro lado querendo se desfazer de alguma coisa justamente quando vc está precisando.
e nessa, coloquei na roda um monte de livros didáticos e de cursinhos pré-vestibular, e encontrei duas pessoas muito legais que estavam precisando de material: a marcia, voluntária que ajudava a montar uma biblioteca na ong em que trabalha, e a vera, que resolveu retomar os estudos para concluir o ensino médio agora que aposentou.
é uma alternativa bem legal para dar um cabo nas coisas que ficam paradas em casa e ainda podem ser úteis a outros!

saudável

este fds fomos conhecer a tal feirinha de orgânicos do parque da água branca. já tinha ouvido falar e passado em frente inclusive, mas nunca imaginei que o parque fosse tão legal.. além de bastante espaço para crianças, tem atividades para pessoas de idade e local arborizado bem propício para leitura.
e além da feira em si, que já é ótima por si só, há um incentivo extra para acordar cedo bem na frente do galpão onde rola a feira, onde fica uma barraquinha ótima pra tomar café da manhã saudavelmente. por 29 reais eles oferecem um pacote bem servido
2 copinhos de iogurte com mel e granola;
2 copos de suco natural;
2 fatias de bolo;
4 fatias de pão;
4 tipos de patês;
2 fatias de queijo branco;
2 copos de café ou chocolate;
são várias opções de sucos, bolos, pães e patês para escolher, e apesar de eu ainda ter um pezinho atrás com coisas muito saudáveis, estava tudo muito gostoso, inclusive o famigerado patê de tofu!!

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

lampião

semana passada perdi o celular, e fiquei naquela de imaginar se poderia ter sido roubado do meu bolso no busão sem que eu percebesse. liguei para o número, e obviamente deu caixa postal direto. ‘pronto, foi roubado mesmo! bora bloquear!’

a sorte foi que por desencargo liguei uma vez mais, e aí atendeu. após um instante de medo de estar falando com o ladrão, consegui entender que do outro lado estava o cobrador lampião, que já tinha tentado ligar para o nº ‘casa’ e pro mais discado também. cara honesto que vim a saber depois sempre se esforça em devolver os itens perdidos na linha dele, por mais que já tenha cruzado com muitos que nem se deram ao trabalho de um obrigada.

o meu cartãozinho de agradecimento disse que valeu o dia, e não esperava a hora de mostrar orgulhoso pra esposa e o fiscal da linha. sorte dupla a minha, que além de recuperar o celular, conheci um cara gente finíssima que ainda acredita no jeito certo de fazer as coisas (mesmo que por isso seja julgado como bobo pelos colegas de profissão).

sábado, 14 de agosto de 2010

bananeira

a oferta do wego parecia imperdível: experimentar o menu degustação do restaurante bananeira, de $100 por $39. e assim fomos, esperando saborear cada um dos 6 pratos:
- saladinha de inverno;
- veloutée de mandioquinha com brie;
- risoto de palmito pupunha;
- camarão na moranga;
- carne seca desfiada com farofa de banana da terra e pimenta biquinho;
- romeu e julieta (pasta de goiabada com sorvete de queijo)

e estavam de fato todos muito gostosos, mesmo. o único problema, que acabou por atrapalhar a percepção geral do menu, foi a quantidade de cada um dos pratos (com exceção da saladinha). cada um dos pratos sozinho dava mais que uma refeição francesa (que convenhamos é pouco, mas quase suficiente - para uma mulher, pelo menos!).
o resultado foi que comi mais do que deveria, mesmo com apenas metade de cada um dos pratos, e não tive o prazer de "raspar" nenhum deles, apesar de ótimos:


ps - a maior conclusão que tirei é que eu realmente não gosto de desperdiçar comida, e pelo menos no caso do bananeira, um menu do estilo rw (entradinha+principal+sobremesa) teria sido perfeito, mesmo que eu tivesse a oportunidade de experimentar apenas um prato!

atualização estante virtual

com pouco mais de trinta dias, 4 livros vendidos.. inacreditável!!

viva experiências - degustação


também originário dos wego!s da vida, descobri um similar bem interessante do pioneiro smartbox: um outro esquema de caixinha que contém um vale presente. este, chamado viva experiências, oferece a temática degustação que inclui 18 opções: azeites, cafés, chocolates finos, bacalhau, vinho, cervejas, sorvetes, entre outros. o legal é que a experiência pode ser compartilhada com quem deu o presente, uma vez que as opções são válidas para 2 pessoas (dependendo da escolha até 4).

apesar da extrema dificuldade em escolher apenas uma das opções, seguimos a vibe espanhola e provamos a degustação de tapas no la tasca, que incluía 4 tipos (lingüiça espanhola, batatas bravas, polvo ao vinagrete e lula a dorê), uma sobremesa, água e taça generosa de sangria para cada um, com o serviço incluso. considerando o preço promocional de $59 do site de compra coletiva, ficou bem interessante!

avaliação geral:
do viva - opções muito bem selecionadas (não só da temática degustação, mas também do viva fun ou do viva kids, bem criativos!); o preço é um pouco alto se for considerar cada uma das opções separadamente, porém como presente é ótimo
do la tasca - ambiente simples com comida boa; serviço um pouquinho apressado mas atencioso

quinta-feira, 29 de julho de 2010

resoluções de férias

1. tomar mais água de coco;
2. incorporar um pouco da alma baiana, sem estresses por coisas pequenas;
3. usar os colarzinhos que eu sempre acho lindos e compro por impulso (pra depois deixar guardado na gaveta);
4. me permitir errar mais;
5. tirar mais férias!!

quarta-feira, 28 de julho de 2010

receita da vez n.2


a melhor no quesito custo-benefício, porque hiper prática e gostosa (além de relativamente econômica, porque o bacalhau não precisa ser em postas e umas 100g são mais do que suficientes pra 2 pessoas!)
aos ingredientes:
- cebolas em tirinhas;
- pimentão (sempre que possível tricolor) em tirinhas;
- um punhadinho de azeitonas picadas (pouco pra não ficar salgado);
- bacalhau dessalgado em lascas (comprando o filé já desfiado bastam duas horinhas na água)
- um azeitinho e alho.. e só!
não precisa de nada mais na frigideira.. só saltear tudo e aguardar reduzir o caldo que se junta do cozimento (ahh dica importante é tirar bem a água utilizada pra dessalgar o bacalhau.. caso contrário não seca nunca! rs)

alvorada

porque no último dia, como que por milagre, eu acordei no *exato* momento em que o sol nascia.. prato cheio pras fotos do álbum:

férias


e não é que as tão esperadas férias chegaram, enfim? encurtadas, é verdade, mas aproveitadas ao extreemo :)
nada como um período longe dos aborrecimentos cotidianos, em ares diferentes, com a possibilidade de ficar o tempo todinho de pernas pro ar! ahhhh...

quinta-feira, 15 de julho de 2010

errata: bôa bistrô

há algum tempo eu tinha comigo que precisava fazer justiça ao bôa bistrô aqui neste blog.. a única vez que falei desse charmoso restaurante foi no restaurant week 2º sem/2009, quando de fato o cardápio não estava à altura do que eu esperava.
mas... o cardápio regular, e mesmo os cardápios especiais de quando eles não têm restrições de preço, têm me agradado muito todas as vezes em fui lá depois daquela primeira experiência!
pra começar o ambiente é muito agradável, com os sofazinhos e a 'tenda' do lado de fora simulando uma refeição ao ar livre.. coincidência ou não, geralmente vou de risotos quando passo por lá, e o de hoje foi logo um trio (em porções maiores do que parece na foto abaixo!):
- alcachofra com tomate cereja e mussarelinha de búfala (meu preferido, disparado);
- pato com lentilha e alho poró crocante (talvez eu não esteja acostumada, achei um pouco forte);
- camarão com um fundo de gengibre (combinação boa, melhor do que eu esperava!);

o preço não é barato, mas sempre saio com a impressão de que valeu a pena, pelo conjunto da obra.. algumas horas que parecem passar em ritmo mais lento e despreocupado.. o que já significa bastante nos dias hoje! :p

quarta-feira, 14 de julho de 2010

labonni

geralmente gosto bastante de velas na decoração e sempre fico fascinada com o fogo tal qual criança que sabe que não pode mexer mas a vontade faz com que os olhos não desgrudem do objeto cobiçado..
e eis que há uns tempos fui convencida de que *precisava* conhecer o quiosque das velas mais lindas do mundo, no shopping morumbi. como sempre que querem me convencer de uma verdade absoluta, fiquei com um pé atrás, mas fui. e não é que eram lindas mesmo? nem pareciam velas!
eu mesma teria muita pena de queimar.. segue uma amostrinha das minhas preferidas:

obs - infelizmente não existem mais revendedores em sp, mas no site até tem uma lojinha virtual.. tomara que voltem a vender por aqui logo!!!

rotina

nos quilos da vida nos almoços de todos os dias

-> cama de alface + escarola quando tem + rúcula ou agrião
-> rodelas de tomate ou pepino ou rabanete
-> cenoura + beterraba
-> arroz + feijão
-> um tipo de carne (bovina, suína, frango ou peixe) geralmente cozida com algum tipo de molho
-> abacaxi ou melancia ou mamão ou morango
-> pra beber água sem gás com gelo e limão ou suco de laranja sem açúcar

ps: e mesmo assim o processo de engorda está forte... algo de muuito errado deve haver em algum de meus outros hábitos, porque no almoço não há de ser!

quinta-feira, 8 de julho de 2010

torero

e aproveitando essa onda consumista que me abate com as promoções – aparentemente todas – imperdíveis do wego (e afins), desta vez aproveitamos pra conhecer outro restaurante espanhol da cidade, o torero valese. e o esquema foi o mesmo: voucher de $100 reais pagando apenas $50.

e apesar de as duas experiências recentes terem alguns pontos importantes em comum (a inspiração da culinária, o valor total da conta, entre outros), são bem diferentes um do outro, a começar pelo ambiente. se o eñe eu achei moderno, chique, clean (e talvez um pouco impessoal), a palavra pra definir o torero é aconchegante. sofazinho, luz de velas, cardápio em giz nas paredes.. poucas mesas, chefs circulando no salão.

esse toque mais pessoal com certeza marcou pontos, mas não mais do que a entradinha recomendada pelo garçom (reforçando uma dica pescada em um site): os camarões em azeite temperados com alho, especiarias e um toque de pimenta (da foto abaixo, inclusive!). a panela chega borbulhando à mesa, e ainda melhor que os camarões – já ótimos – é o molhinho de azeite com o pão quentinho do couvert, muuuito bom! :)


e pra completar o cardápio fomos de tapas, $19 o conjunto de quatro, podendo escolher 2 tipos. acabamos escolhendo 4; todas muito boas mas algumas com certa dor no coração por gastar 5 contos em um só bocado :p comentários com resquícios de mão-de-vaquisse à parte, o cardápio de maneira geral foi muito bom, e o ambiente também. a conta não saiu tão barata considerando que não foi pedido prato principal, mas como os preços eram mais acessíveis (em relação ao eñe) desta vez acrescentou-se uma meia-garrafa de vinho chileno à mesa.

pra resumir, gostei muito e voltaria nos dois espanhóis. hoje em dia certamente mais no torero, que encaixa melhor no bolso e tem um ambiente menos refinado em que fico mais à vontade, mas no futuro os pratos do eñe serão degustados novamente com prazer!

anti-marketing

o bradesco sempre me pareceu atrasado, mas conseguem se superar mais e mais!!!
quando tive que me tornar cliente, há uns dois anos, de cara me chamou a atenção a facilidade de comunicação do banco ao procurar o número do fone fácil:

num segundo momento, ao mapear processos da área financeira no trabalho, descobri que o banco ainda obrigava os clientes pj a utilizarem *disquete* em rotinas de trabalho, em pleno ano de 2009!
e agora hoje, ao tentar transferir 1k reais pra uma outra conta bradesco, descubro que o limite é só 500 por dia e caso eu queira aumentar esse limite diário, posso cadastrar algumas contas previamente, que ficam com autorização especial. beleza! formulário preenchido... cadê o botão enviar?!? não existe! precisa imprimir o papel, assinar e entregar na agência!!!! #dead
faltou só pedir pra reconhecer firma em cartório..

quarta-feira, 7 de julho de 2010

audible.com

hehehe eu e as minhas dicas repassadas do blog da resultson :p
hoje um cara escreveu lá falando de um site que vende audiobooks em inglês pra baixar e escutar onde quiser.. no meu caso no busão (que livro físico não tá rolando)
achei muito legal.. tem muitos muitos títulos recentes, e a mensalidade é 7,5 dólares nos primeiros 3 meses e depois 15.. dá direito a um livro por mês, independente do nº de págs ou do preço de capa do livro! e diz lá que pode cancelar a assinatura anytime..
só resta saber se vai tocar no meu celular basiquinho, né, pq no site falava que dava pra escutar no iphone, blackberry, mp3 player..

domingo, 4 de julho de 2010

estante virtual

e após experiências no trocandolivros.com.br e eventuais vendas no mercado livre para desovar livros antigos, eis que esta semana virei uma livreira oficial! hahahaa

é que há algum tempo conheci o estantevirtual.com.br, um site muito legal que reúne e permite a digitalização do acervo de sebos brasil afora, mas só soube que leitores normais podiam virar livreiros agora.. o esquema não é dos mais simples: é preciso fazer o cadastro e enviar por fax a cópia de seus documentos, mas foi bem rápido e permitem o upload de até 100 livros de graça!
não sei se é algum resquício do passado itapetiningano, quando não existia livraria de verdade na cidade e eu precisava esperar ir pra sorocaba pra comprar livros (!) que me atrai muito essa idéia de ter um site com milhões de livros a preços de sebo à disposição assim, super fácil... subi meus 12 primeiros hoje:
http://www.estantevirtual.com.br/acervo/nadaespecificomesmo

coisas boas da vida

minha maior lembrança de férias quando pequena é praia.. e praia pra mim sempre foi sinônimo de sorvete :) porque eu até tive uma fase de gostar de água, ou de brincar na areia.. mas o que eu sempre gostei mesmo foi de sorvete. no mínimo uns cinco.. se deixasse o dia inteiro a conta podia passar de dez!
e acho que muita gente também associa sorvete a coisa boa.. a começar por essa ótima sacada da unilever em conjunto com a sapient, que criaram uma vending machine dos meus sonhos: é só abrir um sorrisão que ela te deixa escolher seu sorvete favorito.. de graça!!!!! não é o máximo? olha só: http://www.sapient.com/en-us/SapientNitro/Work.html#/?project=157

ps - e eu elogiando a heineken dias atrás.. pfff

quinta-feira, 1 de julho de 2010

onda consumista

como boa mão de vaca que muitas vezes sou, eu diria que um saleiro mais ajeitadinho é um item bem dispensável em uma cozinha, mas.. como resistir a esse biquinho?!?

sexta-feira, 25 de junho de 2010

mais do mesmo

e por falar em inacreditável, nesta copa da áfrica, quem diria... depois do fiasco da frança, a itália também me cai na 1ª fase, e ainda atrás da nova zelândia?!? tsc tsc..

inacreditável

ontem surgiram notícias à la 1º de abril sobre um jogo de tênis que tinha ultrapassado as 10 horas de duração pelo torneio de wimbledon.. à primeira vista pareceu tão absurdo que até achei que fosse erro de digitação, ou publicação de notícia mal apurada, sei lá... mas não! os caras ficaram jogando mais de 100 games pra conseguir terminar o 5º set.. hahahaha
essa doideira entre isner e mahut acabou 70 a 68!!!!! na hora que soube do desfecho fiquei meio inconsolável me imaginando no papel do perdedor... mas no fim o cara entrou pra história também, ne, porque neste caso não vão lembrar apenas do vencedor, que sem o outro jogando bem nunca se chegaria nessa situação..
muito inacreditável tudo isso.. e quem estava lá assistindo, quando for contar pros filhos vai passar por contador de mentira de pescador!!!

segunda-feira, 21 de junho de 2010

top top top sports

jogos inesquecíveis:
1. brasil x cuba vôlei feminino nas olimpíadas de atlanta, quando a ana moser foi sozinha brigar na rede com as cubanas e a fú foi acudi-la;
2. all star game de 92 (denunciando master a idade, afff), no retorno do magic pós-notícia do hiv decidindo se dava ou não pra ir pra barcelona (e como dava!);
3. meligeni x rios na final do pan, que jogo sofriiido pelamordedeus! (e como é gostoso torcer por alguém que não desiste nunca!);

campanhas mais surpreendentes:
1. daiane dos santos em anaheim 2003, primeira campeã mundial brasileira em esporte individual, e negra!;
2. guga, seja na impressionante escalada do primeiro roland garros em 97 ou no masterscup de lisboa 2000, quando descobrimos que era possível ganhar do agassi e do sampras no mesmo torneio!! (e nem era no saibro..);
3. vôlei masculino de 92, descobrindo no meio do caminho que podíamos mais e mais com aquela molecada;

hegemonias que mais curti:
1. vôlei masculino das olimpíadas de atenas (e tudo o que veio antes, e mais ainda depois, pré-crise), porque naquela época não tinha pra ninguém;
2. a dupla behar e shelda, porque eram as melhores dentro e fora das quadras;
3. yelena isinbayeva, que está metros acima das melhores rivais e mesmo assim não perde a simpatia alimentando expectativas por novos recordes;

ídolos que mais acompanhei:
1. senna, pelos mesmos motivos que todo mundo;
2. ana moser, porque apesar de já ser a mais talentosa era sempre a mais esforçada, que ia buscar sei-lá-onde toda a superação, sempre;
3. magic paula, porque sempre tirava muitos coelhos da cartola e fazia tudo parecer muito fácil;

corridas pra relembrar sempre:
1. donnington park 93, quando ele deu “a” aula de como fazer uma primeira volta e andar na chuva;
2. interlagos 91, porque sofrimento pouco é bobagem e vitória suada é mais gostoso, ainda mais com tantos anos de espera;
3. suzuka 88, porque cair pra 16º e ter que recuperar tudo na corrida que define o campeonato não é pra qualquer um;

programas de tv que marcaram:
sem classif.- cartão verde, porque não podia ser outro! (trajano, juca e flávio prado, nos bons tempos da cultura);
1. histórias do esporte, pelo tanto que já chorei assistindo as reportagens do salim;
2. loucos por futebol, porque só a espn podia inventar um programa sem-noção desses;
3. caravana do esporte, juntando duas coisas que gosto e me interesso muito: esporte e social;

livros (sem muita opção):
1. biografia do meligeni, porque nunca dei tanta risada e chorei ao mesmo tempo;
2. biografia do abebe bikila (barefoot runner), porque a história dele não precisa romancear nada pra ficar interessante;
3. biografia da paula, porque ela era minha ídola master na época e ponto;

atletas que mais emocionam:
1. cielo, não só porque é muito bom mas também porque ele próprio é uma manteiga derretida;
2. todas do futebol feminino, porque (ainda) é sempre a mesma luta e o mesmo sofrimento;
3. o líbero serginho, que fez da posição mais chocha do vôlei mvp de um campeonato do naipe de uma liga mundial;

rumo ao topo?

a heineken parece cada vez mais esforçada a se tornar referência em marketing.. em curto espaço de tempo, foram 3 as iniciativas legais que passaram pelo meu radar:

primeiro foi uma ação durante a fase decisiva da champions league, quando eles fizeram um super evento fake de música clássica bem no dia de um real madrid e milan, para a surpresa dos entediados convidados, quando perceberam que iriam assistir a uma exibição de gala do campeonato patrocinado pela cervejaria (mais detalhes no link: http://www.youtube.com/watch?v=TSWyWuSncD4)

em seguida foi a propaganda no ar durante a copa 2010 no brasil com a comparação das reações de mulheres x homens diante dos ‘closets’: http://www.youtube.com/watch?v=vCiISDKmqNo

e agora está disponível no site, inicialmente apenas para a irlanda, a possibilidade de se customizar as garrafinhas colocando cores, estilos e logos personalizados.. muito legal!

segunda-feira, 7 de junho de 2010

wego!

assim como a imensa maioria das idéias inovadoras que chegam ao meu conhecimento, o tal do wego! também me foi apresentado através do blog da resultson. o conceito base é lançar ofertas bem atrativas que só se tornam válidas se um número mínimo de pessoas a comprarem. e desta forma, arrematei um cupom de R$ 100 no restaurante eñe pagando apenas metade do valor de face.
e funcionou tudo muito bem: o vaucher foi impresso sem maiores problemas e prontamente aceito no estabelecimento, que tinha um ambiente super aconchegante e ao mesmo tempo moderno, com um serviço atencioso e correto, sem os excessos que muitas vezes vemos nos restaurantes chiques.
e o principal, no caso a comida espanhola, superou as – já altas – expectativas com relação ao premiado restaurante. arroz negro cremoso com frutos do mar e bife ancho com pupunha grelhada..! pra anotar no caderninho como opções de restaurantes a revisitar quando o bolso permitir :)

sexta-feira, 21 de maio de 2010

top top top movies

retomando as listas, agora com os filmes:

animações:
 1.nemo
 2.rattatouille
 3.monstros s.a.
 4.up
 5.toy story

dramas:
 1.menina de ouro
 2.the shawshank redemption
 3.encantadora de baleias
 4.who wants to be a millionaire
 5.dead poets society ou cinema paradiso

melosos*:
 1.as pontes de madison
 2.message in a bottle
 3.before sunrise
 4.before sunset
 5.simples como amar

* considerando que julia roberts nesta categoria é hors concours

quarta-feira, 19 de maio de 2010

gosto mutante

engraçado que eu nunca gostei de coisas que 'sobram' na boca, tipo sobremesas com coco ralado, bolos com nuts, diamante negro... mas de repente me pego gostando de várias coisas estranhas em saladas: trigo ou quínua no tabule, cuscuz marroquino, soja em grãos e até aquela árabe com pão sírio triturado (acho que chama fatuche).. curioso como muda!

roman krznaric

outro dia um cara comentou no blog da resultson sobre um texto de um tal de roman krznaric, de quem eu nunca tinha ouvido falar, mas me interessou o assunto e fui atrás. nada com um bom google na vida, ne?
acabou que achei o texto super inspirador, e o cara escreve legal, levanta umas questões boas ao longo das poucas páginas. copiei-as aqui, já que algumas ecoam até agora na minha cabeça.. e mesmo que estejamos numa fase boa com o trabalho, acho que nunca é demais refletir sobre isso:

- how much choice have you had in the work you do compared with your parents or grandparents
- what is your current work doing to you as a person - to your mind, character and relationships
- which of these ambitions - money, power, status or respect - have you been pursuing? and why
- which of these forms of purpose - service, justice, talents or a concrete assignment - most inspires you?
- have you aspired to be a specialist or a generalist in your career? could becoming a wider achiever make your life more interesting or adventurous
- think of a job you have always wanted to do. what are your fears around trying to do it?
- think of one concrete action you can take to explore a new direction in your working life

ah, e tinha um exercício em algum dos tópicos que achei muito legal: ele propunha que escrevêssemos nossos próprios obituários, projetando o futuro e tentando revisitar o passado como forma de percebermos como gostaríamos que fosse hoje. dá um friozinho na barriga só de pensar em começar, pelos potenciais que pode gerar, mas achei bem interessante!

terça-feira, 18 de maio de 2010

se saudade matasse...

eu estaria durinha por um almoço na paulista, mais especificamente o bentô do ‘meu’ restaurante: uma entradinha (tofu, somen, batata e cenoura no carê, kimpirá..), gohan, tsukemonôs, um pedaço de yakizakaná, nishimê, aquele omelete de camadas, tempurá, guiozazinho, um cozido do dia (que pode ser shoogayaki, a carne do oyakodon ou um outro tipo de ‘mistura’), missoshiru, ban-chá e frutinha de sobremesa. todas miiini porções, mas eu nunca sabia o que deixar pro final, porque adoro todas as coisas!! hmmm =]

(e ainda mais por 12 contos, tudo!)

sexta-feira, 14 de maio de 2010

será que eu tô mto exigente?


vc gasta 300 reais e ganha uma *mini* coca-cola e um balde pra pipoca? e ainda se pagar em dinheiro ou com outro cartão não leva nada!

quarta-feira, 12 de maio de 2010

istick

que tal um adesivão desse colado na parede de casa?


créditos: a fonte original pra ser sincera eu não me lembro, mas peguei do blog da resultson!

receita da vez

a receita da vez surgiu da inspiração dos muitos risotos experimentados durante os rws da vida, e da 'cesta de natal' da empresa (aproveitei o vale compras pra tirar das prateleiras do supermercado vários ingredientes e guloseimas que sempre namoro e quase nunca compro)
munida de uma receita que parecia legal de um site qualquer da internet e após algumas modificações desde a primeira tentativa, ficou assim da última vez:
- cebola picadinha refogada no azeite
- dois copos de arroz arbóreo (para 4 pessoas)
- um fundinho de copo de vinho branco
- aos poucos incorporando caldo para cozinhar o arroz (geralmente uso caldo de galinha maggi/knorr mesmo)
- já desligando o fogo, uma xícara quase cheia de queijo parmesão ralado grosso e colheradas generosas de manteiga
a base está pronta. no final, é só acrescentar os ingredientes que dão nome ao risoto em si:
- alho poró e champignon fresco cortados em tirinhas previamente salteados no azeite
- duas colheres de queijo mascarpone (cá o q mesmo?)
- alcachofrinhas em conserva pra dar um toque final :)

só não fica esteticamente láá essas coisas:

terça-feira, 4 de maio de 2010

febre


que gostosa essa fase pré-copa.. voltar a ser criança, naquela ansiedade antes de abrir os pacotinhos.. achar as figurinhas prateadas e os craques favoritos!